A Feijuca Mãos do Bem como forma de investimento social


A pandemia do novo coronavírus, em 2020, nos ensina a importância de saber nos adaptarmos às incertezas. Nós que trabalhamos na área de gestão empresarial no transporte de cargas precisamos aplicar essa premissa em nosso dia. Somos cercados por imprevistos a todo momento, com os custos de transporte, a segurança da carga, a satisfação dos funcionários, entre outros. Sendo assim, por que não usarmos da sabedoria adquirida nesses momentos para ajudar as pessoas em situação de necessidade por causa da Covid-19?


É com a ideia de entregar à sociedade o que aprendemos nas empresas privadas que o núcleo da COMJOVEM (Comissão de Jovens Empresários e Executivos do Transporte de Cargas) na região de Cascavel (PR) organiza a sexta edição da Feijuca Mãos do Bem. O evento tem como objetivo a doação de verba a instituições sociais a partir da venda de kits de feijoada.


Queremos celebrar com os amigos, mas entregando algo às pessoas que perderam os seus empregos por causa da pandemia. Como coordenador da COMJOVEM na região de Cascavel, representarei a instituição e a Rodovico Transportes na participação e organização do encontro, que conta com o apoio do SINTROPAR (Sindicato de Transporte de Cargas e Logísticas do Oeste do Paraná) e da FETRANSPAR (Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Estado do Paraná).


O evento acontecerá das 12 às 14h e esperamos a participação o de 220 pessoas, que podem adquirir o kit (capaz de servir duas pessoas) pelo valor de 60 R$. A comida é responsabilidade do Restaurante Mãos Quentes com ajuda da COMJOVEM Cascavel.

Tratei as etapas de produção da Feijuca como um desafio de carreira, sobretudo com a responsabilidade de seguir as recomendações de saúde, como o uso obrigatório de máscaras nos consumidores e funcionários e a não aglomeração para evitar contaminação. Por isso, neste ano, realizaremos o evento no Bistro Le Monde, localizado na rua Afonso Pena, nº 2391 no formato de entrega Take Away – em que entregamos os kits no bistrô e as pessoas levam para comer em lugar de seu interesse.


Contudo, jamais teria conseguido sem a ajuda de pessoas igualmente preocupadas em fazer a diferença, por isso, contamos com o apoio de 35 representantes do setor de transportes de cargas para ajudar a COMJOVEM através de verbas e materiais.

Espero pela participação de todos que me acompanham e sou grato à ajuda de cada um dos que compraram os ingressos ou que ainda comprarão.


Acredito ser essencial o engajamento dos empresários com as causas sociais e procuro cada oportunidade, nesse sentido, para ajudar a partir do que posso oferecer. Dessa forma, criamos um vínculo de proximidade entre as pessoas e as instituições privadas, cujo resultado é benéfico a todos os envolvidos.


Diego Nazari, Diretor de desenvolvimento de negócios

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo