A importância da gestão por indicadores e como ela funciona


No mundo empresarial, a gestão de indicadores é uma maneira muito comum e eficiente de controlar sua empresa, principalmente quando ela alcança certo nível e você não tem a visão próxima de todos os processos. Os indicadores têm a missão de comunicar, de forma mais objetiva, organizada e por meio de quantificação os resultados da empresa.


Através da metodologia BSC – Balanced Scorecard a organização terá um conjunto de metas que proporcionam aos colaboradores uma visão rápida e abrangente das estratégias da organização. De acordo com o levantamento da 2GC sobre o uso do Balance Scorecard, 34% das empresas entrevistadas usam o BSC para gestão estratégica, 35% para emissão de relatórios e 17% para gestão operacional. Além disso, segundo o mesmo estudo, 31% das empresas declararam que a metodologia é extremamente útil, enquanto 42% dizem ser muito útil.


É fundamental entendermos que as métricas que forem escolhidas irão direcionar o comportamento da equipe e da empresa. As metas, estabelecidas através dos indicadores, devem ser alcançáveis e ao mesmo tempo desafiadoras, por isso devem ser baseadas em boas práticas externas de empresas líderes no setor, boas práticas internas e até mesmo dados históricos da empresa, servindo assim como norteadores para os profissionais.


O BSC é dividido em quatro perspectivas:


1. Perspectiva financeira

São indicadores importantes para avaliar se as estratégias empresariais têm contribuído para melhorar a linha de resultados. As metas financeiras não são a razão do negócio da empresa, elas refletem se as demais perspectivas estão gerando o resultado financeiro que a organização deseja. Normalmente as metas financeiras são a rentabilidade, margem de contribuição, o crescimento e o valor para acionistas;


2. Perspectiva dos clientes

São ações que possam ser controladas e que realmente refletem o que é fundamental para o cliente. Portanto, deve ser planejado com metas de tempo, qualidade e serviços;


3. Perspectiva dos processos internos

São processos que geram maior satisfação dos clientes. Aqui, o foco deve ser na identificação das habilidades e tecnologias da empresa que asseguram sua posição no mercado;


4. Perspectiva do aprendizado e crescimento

A concorrência faz com que a empresa seja capaz de se reinventar, oferecendo novos produtos e criando processos mais eficientes. Essa perspectiva tem foco em melhorias específicas de processos já existentes.


Dessa maneira, um dos objetivos dessa metodologia é utilizar os dados registrados para auxiliar a tomada de decisão e avaliar se as ações tomadas estão conduzindo a empresa ao objetivo maior desenhado no mapa estratégico no longo prazo.


Aqui na Ouro Negro adaptamos o BSC para transparecer melhor o nosso negócio, portanto é importante salientar que não existe receita de bolo, as ferramentas estão no mercado para que possamos utilizá-las com sabedoria.


É importante adotar um esquema consistente de desdobramento de indicadores, integrando aquilo que é essencial na organização, o que te auxiliará na melhora da gestão dos resultados e o alcance das metas propostas. Como gestor, você deve definir as metas da sua área de forma que estejam vinculadas ao resultado global da empresa, acompanhando sistematicamente a execução dos planos e a evolução dos resultados.


Por fim, a gestão por indicadores é um padrão utilizado nos diferentes setores da economia, e é fundamental para a rentabilidade e bom funcionamento dos processos, principalmente em uma transportadora. O ideal é sempre trabalhar através dos indicadores, pois os números são diretos e podem ajudá-lo a ter uma gestão muito mais eficiente e controlada.


Priscila Zanette, Diretora da Ouro Negro

0 comentário