A importância de um Comitê de Crise para o TRC



O Transporte Rodoviário de cargas é de fundamental importância para a economia do país, quando ele sofre uma queda, todas as outras cadeias econômicas são afetadas. Com os impactos iminentes do novo coronavírus, nós transportadores, seguimos firmes e mostrando força para que o Brasil siga abastecido.


Para evitar que o setor de Transporte de cargas seja afetado em futuras crises, greves ou pandemias, precisamos analisar a importância que um Comitê para a gestão de Crise no Transporte Rodoviário de Cargas teria.


Para entendermos melhor, o Comitê de Crise tende a ser o setor máximo de discussão quanto aos impactos relacionados às ameaças vinculadas a um determinado setor, empresa ou instituição, sendo necessárias análises de cenários, buscando e arquitetando os planos estratégicos para prevenir os riscos desses momentos ou saná-los, se a crise já está instalada.


O Comitê do TRC seria formado por profissionais específicos que contribuem para o setor nas entidades de classe de sua região. Os profissionais teriam as informações de forma abrangente, monitorando os cenários de risco e reportando as entidades que definiriam o que pode e deverá ser mudado, desde um tema estratégico até medidas imediatas com relação a algum assunto que prejudique o setor. 


Assim, seria estratégico e específico capaz de analisar 3 blocos, acionistas, colaboradores e fluxo de caixa. Além de monitorar, responder aos riscos, reduzir os impactos causados e planejar possíveis ações que beneficiem o setor em momentos complicados. O Comitê traria segurança, protegendo assim, a imagem e a reputação de todo o nosso setor, responsável por transportar 60% de tudo que se produz no Brasil.


Este grupo poderia disseminar as boas práticas entre os transportadores e embarcadores, permitindo o compartilhamento de ações eficazes, gerando uma menor perda para o setor. Em épocas de crise, as ações devem ser de fácil implementação e realizadas com rapidez.


Esta atual crise nos mostra e ensina muito, uma dessas reflexões pode ser o alinhamento e a criação de um Comitê de Crise do TRC.


Joyce Bessa, Diretora Administrativa Financeira na TransJordano

0 comentário

© 2023 por Equipe de TI do IT.