A importância do pensamento de Responsabilidade Social dentro e fora do ambiente corporativo


Ultimamente, tenho pensado muito em tudo que envolve os cuidados necessários para um bom processo de gestão empresarial. Com isso, cheguei ao termo “responsabilidade social”, e senti que seria produtivo trazer esse tema para o centro da discussão deste artigo. Primeiramente, devemos entender o que está por trás desse conceito, seus benefícios e aplicações. Utilizado inicialmente no Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável em 1998, o termo se estabeleceu na premissa de ser um estado de compromisso permanente dos empresários na adoção de um comportamento ético e que contribui para o desenvolvimento econômico, melhorando também a qualidade de vida de seus empregados.

Trocando em miúdos, são a soma de atos voluntários das organizações que direcionam suas atividades para o bem-estar social, condizentes com seus negócios, e que também visam o interesse coletivo e não somente os lucros, uma vez que priorizam o todo. Podem ser realizados através da incorporação dos conceitos de responsabilidade social à missão da empresa, divulgação desses conceitos entre os funcionários e prestadores de serviço, estabelecimento de princípios ambientalistas como uso de materiais reciclados e a promoção da diversidade no local de trabalho.

Na Ouro Negro, esse tipo de responsabilidade é uma constante em nosso trabalho. Atuamos de modo direto em dois projetos: Na Turminha do Futuro, onde todos os anos crianças de escolas da rede pública entre 7 e 10 anos vem visitar a nossa empresa, conhecer o dia a dia da empresa e possam pensar sobre o seu futuro e a importância do estudo e valorização do ser humano no local de trabalho; e na gincana, que é um movimento que encontramos para unir a parte empresarial com a social, em todas as nossa filiais fizemos arrecadações de alimentos, brinquedos, roupas, produtos de higiene e limpeza e doação de sangue.

É essencial a nossa compreensão enquanto empresários, perante esse tipo de tomada de consciência e pensamento. Adotando esse tipo de postura e responsabilidade, reforçamos nosso compromisso com nossos colaboradores, a sociedade, e os valores éticos. Devemos acima de tudo, observar qual é o legado que estamos deixando em nossas companhias, e como queremos ser lembrados enquanto empresa e pessoas.


Priscila Zanette, Diretora da Ouro Negro Transportes

0 comentário