COMJOVEM e o planejamento de renovação no transporte de cargas


A busca pela renovação é algo essencial a qualquer setor da economia. É a busca pela competitividade, pela incorporação de novas tecnologias e por uma maior inserção no mercado, seja ele regional ou global.


Muitas vezes, na vida corrida de um empresário, isto é algo que pode passar despercebido ou ser relegado ao segundo plano. Muitas vezes, também, gestores mais antigos e tradicionais, podem não dar tanta importância a isto, preferindo insistir em modelos de negócios que já os são familiares. É aí então que entra a COMJOVEM e o seu papel na qualificação de jovens lideranças.


Entrei na COMJOVEM em 2008, na COMJOVEM Campinas. Na época, ver jovens explicando sobre a Comissão e quais eram seus propósitos foi muito inspirador. Naquele ambiente, conseguimos compartilhar ideias, anseios e fazer um networking que, até hoje, é extremamente importante para minha vida profissional. É ali que faço novos amigos, aprendo coisas novas e me mantenho conectada com o mundo fora da empresa.


As comissões preparatórias, em especial as que focam na juventude, têm um papel fundamental no treinamento e qualificação da nova geração de líderes. Um empresário que não participa da COMJOVEM, por exemplo, provavelmente terá mais dificuldades para enfrentar os desafios do mercado e também estará mais sozinho, com um networking bem mais limitado.


Com mais de 25 núcleos espalhados por todo o Brasil, a Comissão também tem a função de promover nosso alinhamento enquanto empresários do TRC e futuras lideranças. Em um país continental, onde mais de 60% do transporte de cargas se dá pelo modal rodoviário, é fundamental que haja sintonia entre as empresas do setor.


Enquanto jovens líderes do TRC, nosso papel é também promover a eficiência e integração nacional, seja através de novas práticas ou tecnologias; questões com as quais, convenhamos, temos uma afinidade natural! A partir daí, a COMJOVEM nos auxilia nesta mentoria prática, nos dando força através da troca de experiências e do investimento em nossa qualificação.


Pessoalmente, a COMJOVEM teve um papel fundamental em minha vida e impactou muito a pessoa que eu sou. Hoje, sou vice-coordenadora nacional da COMJOVEM, o que para mim, enquanto empresária e mulher, é uma realização enorme. Através deste cargo, espero influenciar mais pessoas e fazer com que a Comissão tenha o mesmo impacto positivo na vida destes empresários quanto teve na minha.


Joyce Bessa, Head de gestão estratégica, finanças e pessoas na TransJordano

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo