COMJOVEM e sua importância no meu desenvolvimento empresarial


Representar um grupo de pessoas e ser a ponte para o diálogo de assuntos relevantes aos interessados é um grande desafio. A COMJOVEM é sem dúvida um dos pilares de evolução e crescimento do transporte de cargas brasileiro e representar a comissão enquanto coordenador nacional é, para mim, motivo de muito orgulho.


Porém, o caminho não é rápido. Conheci a comissão em 2004, através de um consultor da SASMAQQ que estava na Transita Transportes, que comentou sobre um projeto do sindicato de São Paulo para jovens empresários do setor. A ideia me interessou e então, fui atrás para saber se éramos filiados ao sindicato e após saber que já éramos, fui à minha primeira reunião da comissão. Em seguida, também participei da segunda reunião, no relançamento da COMJOVEM no SETCESP.


Já são 17 anos trabalhando pela COMJOVEM, antes da coordenação nacional, tive a felicidade de ser coordenador do núcleo do Rio de Janeiro, por três gestões seguidas (6 anos), que me fizeram aprender muita coisa e me deram muita bagagem. Em seguida, recebi o convite da minha amiga, Ana Jarrouge, para ser o vice coordenador da gestão dela na comissão e foi através dessa troca de experiência que tivemos nesses períodos, que fui me preparando para assumir o cargo de coordenação nacional em sequência.


De forma geral, participar desse grupo foi e ainda é fundamental para o meu desenvolvimento enquanto empresário. No início, eu estava muito preso nos processos internos da empresa, não fazia ideia de que existiam tantos jovens que estavam no mesmo barco que eu. Quando entendi esse contexto, consegui enxergar o setor de uma forma mais macro, consegui ver que as pessoas tinham a mesma dificuldade do que tínhamos na empresa, e que era mais fácil encontrar a solução debatendo com pessoas, do que tentar resolver tudo sozinho.


O networking é sem dúvida o principal ponto positivo de se participar da COMJOVEM, através dessa conversa com pessoas na mesma situação, conseguimos encontrar parceiros e soluções conjuntas. Além disso, ter contato direto com fornecedores é muito importante. Essa proximidade nos dá a possibilidade de dar um feedback sobre produto, participar de eventos e discussões dos fornecedores e principalmente, nos dá voz ativa para falar da qualidade e dos preços, além é claro de estreitar o relacionamento.


Neste meu segundo ano como coordenador, eu, os dois vices coordenadores, Joyce Bessa e Geovani Serafim, e todos os núcleos da COMJOVEM seguimos com o foco de preparar cada vez mais os jovens empresários do TRC, tanto com cursos, palestras, parcerias e também mostrando aos jovens tudo aquilo que eles já têm acesso através da NTC&Logística e da CNT. Queremos continuar incentivando a solidariedade, a busca por informação e o aprimoramento, porque isso faz de todos os empresários pessoas melhores.

Mesmo diante de dois anos de pandemia, não paramos de levar informação rápida e de qualidade para os jovens empresários, e é assim que devemos continuar sempre evoluindo e profissionalizando as próximas gerações desse setor tão importante para a economia brasileira.


Andre de Simone, Membro do conselho administrativo da Transita Transportes

0 comentário