Competências Comportamentais: Adaptabilidade e Comunicação

Atualizado: 1 de Set de 2020

Dando sequência a nossa série de competências comportamentais, suas causas e efeitos, chegamos a dois pontos cruciais para a vida profissional de um indivíduo: a forma como ele se adapta ao ambiente, e também, como se comunica no trabalho.

Começando pela adaptabilidade, que é a capacidade de se adaptar de acordo com as necessidades, situações e circunstâncias. Por definição, trata-se da aptidão de viver em condições diferentes daquelas as quais está naturalmente acostumado. 

Na vida profissional, esse conceito é essencial para condicionar profissionais mais flexíveis e proativos, que criticam menos as consequências de determinada situação e sabem se colocar em possíveis dificuldades, analisando o que elas exigirão para elaborar soluções prévias. Aqui é analisar os cenários, possibilidades e se preparar.

Já a comunicação, é responsável por transmitir mensagens claras, com o objetivo de aprimorar a rotina de trabalho. A comunicação é uma ferramenta crucial em todas as suas bases, e é através dela que podemos desenvolver uma boa avaliação de desempenho, além de criar um ambiente mais acolhedor e comunicativo.

Com isso, precisamos sempre ter em mente que tanto a adaptação quando a comunicação são conceitos práticos e agregadores tanto na vida pessoal, quanto na profissional. Quando olhamos para dentro, percebemos o quão interligadas as duas vidas estão, e como conseguimos transmutar características de um lugar, para o outro, tornando a nossa experiência mais natural em todos os ambientes. 

Cada competência comportamental citada aqui, nos textos anteriores e nos próximos artigos, tem como objetivo a transformação pessoal e profissional. Tudo contido aqui, é base para alçarmos voos maiores e mais responsáveis rumo aos nossos objetivos.



Rafaela Cozar, Diretora de Gestão e Inovação da Roda Brasil Logística

0 comentário