Coronavírus e a explosão do e-commerce no cenário nacional

Atualizado: 1 de Set de 2020

A pandemia do novo coronavírus trouxe diversos impactos para o mundo empresarial, o principal deles foi a obrigação da digitalização. Uma pesquisa realizada pelo movimento “Compre&Confie” indica que o e-commerce brasileiro cresceu cerca de 81% em relação ao ano de 2019, gerando um faturamento de R$ 9,4 bilhões em abril. Ao todo, foram efetuadas 24,5 milhões de compras online, um aumento de 98% em relação a abril de 2019.

Assim como a maioria dos setores, o mercado de varejo online está passando por um momento de profunda transformação e com ela, muitas lojas precisam aprimorar seus serviços digitais. Empresas que já pensavam, há tempos, em apostar no comércio eletrônico, agora tendem a acelerar seu processo de entrada. Enxergaram o momento como a melhor oportunidade de crescimento. O motivo é notório, uma vez que, em uma sociedade que avança continuamente no meio tecnológico, a internet se torna o principal meio de consumo da população.

Este é o ponto crucial no qual acredito em uma mudança permanente no mundo pós pandêmico. Segundo a pesquisa TIC Domicílios, 70% dos brasileiros utilizam internet. Desse número, 48% adquirem ou utilizam algum tipo de serviço online, como aplicativos de carros, serviços de streaming de filmes e música, ou pedido de delivery, todos dentro de atividades de e-commerce. Os dados apontam que esse crescimento continuará até 2021, e os impactos da covid-19 são os principais motivos para essa aceleração.

Porém, esse não foi o único crescimento durante a pandemia, o número de reclamações relacionadas à demora de mercadorias também subiu consideravelmente. A infraestrutura das lojas virtuais ainda precisa ser aperfeiçoada para atender todos os consumidores e como falei no meu artigo sobre “Ship From Store” grande parte das desistências de compras online acontecem pela demora de entrega ou valor do frete.

Sabendo disso, apostamos aqui na Flash Courier no modelo Ship From Store para garantir uma entrega em até três horas, essa modalidade é realizada por meio de um sistema robusto de tecnologia e uma rede de entregadores espalhados em diversas regiões. Quando uma compra é feita no modelo SFS em algum e-commerce parceiro, o sistema alerta o entregador mais próximo e disponível, que completará o serviço dentro do período pré-estabelecido.

O Ship From Store na Flash é mais que uma tendência, veio para ficar porque auxilia, de maneira simples, o e-commerce, independentemente de seu tamanho e estrutura, na fidelização do cliente e principalmente resolve o problema do consumidor final que passa a receber em um prazo de horas. O modelo otimiza as vendas on-line, traz economia e velocidade para o varejo, e ainda aumenta o giro de estoque. Por tanto, em nosso entender, esse estilo de entrega expressa beneficia todos os envolvidos na cadeia do e-commerce.

Ao oferecer a possibilidade de um produto ser comprado online, mas sair direto da loja para a casa do cliente, o varejista entrega uma experiência única ao consumidor, independente se ele está online ou offline. Isso é ser omnichannel: não existem mais canais de venda separados.

É importante lembrar que esse sistema não exclui a entrega tradicional, nem todos os clientes preferem pagar pela entrega rápida, mas oferecer opções e o melhor serviço para o consumidor, deve ser o principal foco das empresas.


Guilherme Juliani CEO at Flash Courier


0 comentário

© 2023 por Equipe de TI do IT.