Falar sobre TRC nunca é demais: inovação e segurança



Para expandirmos cada vez mais o setor de transporte de cargas, criamos um programa de podcast na Transportadora Andrade voltado para a comunicação e troca de experiências. O projeto tem como objetivo falar sobre transporte, logística, segurança, produtividade e tudo que está relacionado ao nosso dia a dia e a nossas atividades, afinal, falar sobre TRC nunca é demais.


Em nossa primeira série, dedicamos o espaço para um bate-papo a respeito da inovação e tecnologia em prol do principal fator em nossos serviços: a segurança. A prevenção de acidentes e o bem-estar da equipe nessa área são pautas que devem ser discutidas constantemente, visto que a metodologia que envolve nossas funções necessitam de atenção e cautela.


Essa segurança pode ser encontrada em equipamentos, ferramentas, frotas, ambientes e tecnologia - elemento que está ganhando cada vez mais força no mercado de logística. Os aparelhos digitais contribuem para a otimização dos processos, acompanhamento das mercadorias e melhor desempenho dos colaboradores.


Hoje, na Transportadora Andrade, nós temos diversas inovações embarcadas em nossos caminhões, entre elas: a telemetria, a câmera, os sensores de fadiga e entre outros. Esses dispositivos são importantes para termos, cada vez mais, uma operação segura e garantir a segurança do nosso maior patrimônio, que são os nossos motoristas. Por outro lado, as tecnologias custam um preço alto atualmente e exige muito comprometimento de toda a equipe.


A telemetria, por exemplo, é usada para coletar os dados do veículo ao longo de sua utilização, e essas informações são transportadas ao nosso servidor. Isso faz com que o motorista, o operador e todas as pessoas envolvidas na operação tenham uma melhor visão do que está acontecendo e, com isso, é possível identificar possíveis problemas para alcançarmos sempre a qualidade em todos os processos, com muita organização. Além dos dados, conseguimos obter informações sobre velocidade, freada brusca, uma curva mal projetada e etc.


Toda vez que implementamos uma nova tecnologia, devemos ter o pensamento de que essa ferramenta não é adicionada para punir alguém e sim entendermos que o intuito é trazer mais segurança e, obviamente, para trazer esse cuidado também exige uma atuação correta. Além disso, esses aparatos podem ocasionar em mais economia. Com um planejamento correto, todo esse investimento pode ser revertido em ganhos no pneu, por exemplo, e, principalmente, na redução de acidentes.


Por fim, acredito que esse projeto possa ajudar a aumentar esses conceitos e conscientizar ainda mais pessoas, para que possamos ter um setor sempre mais seguro e com alto padrão de qualidade para os nossos colaboradores e clientes. Já avistamos mais assuntos importantes para os próximos episódios.


Ouça nosso podcast na íntegra:


https://open.spotify.com/episode/0XQBCaiDj6LwQqGqq1UIN6


Antônio Lodi, Diretor financeiro na Transportadora Andrade

0 comentário