Mães empreendedoras: como encontrar o equilíbrio?


Segundo uma pesquisa realizada por Robert Half, apenas 53% das mulheres voltam integralmente ao trabalho pós gestação, enquanto 27% parcialmente e as demais acabam sendo desligadas pela própria empresa. Dados de uma pesquisa anterior, feita pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), indicam também que 41% das mulheres que são chefes de família e tem filhos, desempenham afazeres domésticos e não exercem algum tipo de profissão formal. 


As circunstâncias que levam ao retorno ou não ao trabalho e a ausência de ocupações formais são diversas e não devem (ou não deveriam!) tornar-se motivo de preocupação às mulheres que se tornam mães. No entanto, em ambos os casos, a mãe será julgada. É essencial para as empresas, revisar esse conceito e fornecer apoio a profissionais com crianças, para que as mulheres possam continuar se envolvendo e desenvolvendo seus projetos. 


Com a maternidade, muitas mulheres acabam optando por se envolver e iniciar seus próprios negócios - mais tempo com os filhos, horários mais flexíveis, renda adicional ou apoio familiar. Para experimentar novas experiências e entrar em contato com outros espaços, muitas mães com visão empreendedora desenvolvem produtos para atender às necessidades e resolver os problemas dos profissionais com crianças. Alimentos orgânicos para bebês, fraldas, festas ecológicas e roupas sustentáveis para crianças que mudam com a idade são alguns exemplos de serviços criados por mulheres que encontram as necessidades comuns de outras mães e as transformam em empresas, criando trabalhos incríveis em economia circular. 


No entanto, além de serviços específicos de licença-maternidade, as mães empreendedoras também realizam atividades diferentes - não porque as mulheres têm filhos e devem deixar seus empregos ou mudar sua área de atuação para trabalhar com crianças ou outras mães. A mãe que decide assumir a responsabilidade deve organizar bem a criação do negócio. Para construir uma empresa sustentável a longo prazo, não apenas a necessidade de criatividade ou lucratividade, é importante formular um plano de negócios com base em uma avaliação das oportunidades de mercado e do público-alvo, investimentos e outras necessidades. Planejamento é a chave do negócio.


Além de todos os desafios acima, temos o maior deles: o tempo. Entre as mães empreendedoras, dividir o trabalho entre cuidados infantis, tarefas domésticas e ainda empreender pode ser enlouquecedor. Mas, existem alguns truques que podem facilitar esse processo.


1. Tenha um horário alternativo para se dedicar ao seu negocio. Conhecendo sua rotina você já sabe quais horários mais agitados com os filhos, ou com a casa. Separe um horário diferente desse (ok, exige algum esforço porque as vezes o horário que nos resta é as 6 da manhã, ou as 22:00) e use-o para cumprir com as atividades de planejamento, divulgação, parte financeira entre outras que precisam de cuidado e atenção especial. 


2. Tenha um canto dedicado ao seu negócio. Pode ser um canto da sala, do escritório, etc, mas que seja um lugar que já fique sinalizado para sua família que quando estiver ali, está trabalhando e não deve ser interrompida se não for urgente (de verdade!). Seu foco e atenção serão muito melhores, e assim você rende.


3. Planeje. Estude muito, pesquise, procure cursos além da área que você vai desempenhar, das áreas que são suporte ao seu negócio: empreendedorismo, marketing e divulgação (pelo menos para você saber o básico e conseguir oferecer seu produto ou serviço), de contabilidade e finanças. Para seu negócio dar certo, você precisa saber ao menos um pouco de todas as áreas que afetam uma empresa. 


4. Tenha paciência. Nada acontece do dia para a noite. Você vai precisar de foco e muita persistência. Grandes empresas hoje, nasceram pequenas, muitas nas garagens e levaram um tempo para que começassem a dar resultados. Você acredita no seu produto ou serviço? Se dedique a ele, e no tempo certo as coisas acontecerão. Sucesso!


Rafaela Cozar, Diretora de Gestão e Inovação da Roda Brasil Logística

0 comentário

© 2023 por Equipe de TI do IT.