O Brasil e sua dependência do Transporte de Cargas


No Brasil, 65% da carga é transportada em rodovias. Segundo uma pesquisa feita pelo Plano Nacional de Logística, a dependência do país ao transporte de cargas é a consequência de um longo processo histórico.  


As rodovias brasileiras geralmente são construídas na direção leste-oeste e ao longo da costa para fornecer exportações agrícolas ou minerais e importação de bens de consumo. Essa mudança começou gradualmente nas décadas de 1970 e 1980, com mais força nos últimos 20 anos, quando as rodovias norte e sul se fundiram. 


As principais vantagens do transporte rodoviário são a agilidade e a capilarização, ou quando as mercadorias a serem transportadas não são muito pesadas ou volumosas. Com caminhões, as mercadorias podem ser transportadas em lotes e podem ser entregues do início ao fim. Além disso, o valor de manutenção do transporte rodoviário é muito menor do que outros tipos de modais.  


Entretanto, acima de toda a complexidade logística do transporte de cargas no Brasil, a discussão inicial deve sempre ser voltada ao cliente. As necessidades que o nosso país tem por nossas demandas e serviços, e como somos as peças principais dessa cadeia de segmentos. A história aponta diversos fatos que nos mostram o quão essenciais somos, e como isso deve funcionar como impulso para obtermos sempre o melhor de nossas empresas.  


Lucas Scapini, Diretor Comercial do Grupo Scapini

0 comentário