O Choque das diferentes gerações no transporte rodoviário de cargas

Atualizado: 25 de Mai de 2020


De acordo com uma pesquisa realizada pela Ernst & Young, a chegada de novas gerações na gestão de corporações aumentou bruscamente ao longo dos últimos cinco anos. Neste período, 38% dos profissionais da geração X (que hoje tem entre 33 e 48 anos) passaram a ocupar cargos de gestão.


No cenário empresarial, ter profissionais de diferentes gerações, visões, estilos e atitudes é benéfico para a empresa. No transporte rodoviário de cargas, onde as organizações são, em grande parte, compostas por estruturas familiares, vemos a passagem de bastão de geração para geração como algo muito forte e contínuo.


Diante dessa realidade, saber lidar e tirar proveito desse choque de gerações no ambiente de trabalho será um diferencial para seus negócios. O principal benefício é o equilíbrio, saber mesclar as diferentes visões, experiências e entendimentos que serão fundamentais para o crescimento e manutenção do bom funcionamento de qualquer segmento, principalmente do Transporte Rodoviário, um setor tão dinâmico e com constantes desafios.

A empresa que fizer bom proveito dessa mescla de gerações contará com a experiência dos mais velhos, que em muitos casos, são os fundadores da empresa, aqueles que criaram tudo a partir do zero, que conseguiram estabilizar os negócios e também com a dedicação e novo olhar dos jovens, que estudam e se preparam para trazer novidades para o setor.

Falando em preparação, o transporte rodoviário de cargas possui a COMJOVEM – Comissão de Jovens Empresários, que auxilia os jovens no crescimento empresarial, e nos próximos passos dessa passagem de bastão que, como já dito, é algo frequente no setor.

A troca de experiências, uma das bandeiras da COMJOVEM, é tratada como fundamental, pois através dos núcleos regionais, os jovens podem falar sobre seus medos, preocupações e ter um jogo aberto com os outros empresários da mesma geração, trocando dicas e fazendo um networking especializado. Além disso, a comissão, através de uma parceria com o SEST SENAT oferece pós-graduação na Fundação Dom Cabral, cursos especializados através dos sindicatos do setor e eventos para seus membros, como o Seminário Itinerante e o Encontro Nacional da COMJOVEM, cujo principal objetivo é o aperfeiçoamento das práticas no transporte e o fortalecimento do setor como um todo.


Durante uma transição entregar resultados é sempre importante, mais do que nunca você tem que mostrar seu valor, impulsionar sua equipe e gerar resultados positivos para a empresa. No nosso setor, contamos com a COMJOVEM para auxiliar essa transição. Sabemos da importância desse choque de gerações na empresa e o quanto ela pode ser benéfica quando bem utilizada. O futuro é agora, precisamos aprimorar nossos processos, continuar uma gestão de qualidade e preparar as futuras gerações para que o transporte seja cada vez mais eficiente e preparado para cumprir sua tarefa de abastecer todos os setores da sociedade.


Joyce Bessa, Diretora Administrativa e Financeira da TransJordano

0 comentário