Princípios do Ágil aplicados a transportadoras



A metodologia Ágil é um modelo de gestão criado por desenvolvedores de software, no ano de 2001, e surgiu como uma ideia para atender as demandas dos clientes de forma dinâmica, produtiva e flexível, além de prever o avanço de projetos em etapas curtas no planejamento. Os principais fundamentos desse conceito foram organizados em um manifesto, publicado em uma página na internet, no qual mantém a mesma estrutura da época até hoje.


Com o passar dos anos, este modelo saiu das empresas de desenvolvimento de softwares e foi aplicado aos mais diversos setores produtivos e de serviços. Como benefício, podemos encontrar o incentivo no trabalho em equipe, a auto-organização, a comunicação, o foco no cliente e a entrega de valor. Desse modo, as equipes são formadas por profissionais multidisciplinares que utilizam a inteligência coletiva para realizar cada etapa do projeto batendo metas pré-estabelecidas.


Neste sentido, buscando uma melhoria da performance no setor de transporte de cargas e logística, adaptamos o manifesto na Transportadora Andrade, aplicado inicialmente ao desenvolvimento de software, para a realidade das empresas de transporte.


Os doze princípios são: a satisfação do cliente com o comprometimento contínuo, os processos adaptáveis para a mudança, a entrega constante de projetos, a participação de toda a equipe de forma interdisciplinar, a motivação dos indivíduos, a possibilidade de diálogo e comunicação aberta, a garantia do bom andamento da prestação de serviços, o desenvolvimento sustentável em todas as áreas da empresa, a simplicidade, a organização e autonomia, as reuniões frequentes e de curta duração e a excelência em todos os processos.


Dentre as diversas ferramentas que nós possuímos no dia a dia da empresa, destacamos o uso do Kanban, PDCA, Scrum, entre outras ferramentas. O Kanban é um sistema de fluxo de atividades que, por meio de cartões coloridos que são sinalizados, promovem organização e gestão visual, o que auxilia na visão completa dos serviços executados na linha de montagem. Ajuda na estrutura do trabalho e no acompanhamento das tarefas.


O PDCA proporciona melhora contínua de processos, através de planejamento e medição de resultados. Basicamente, é um anagrama que apresenta etapas de planejamento, execução, controle e padronização.


Por fim, o Scrum é uma ferramenta que propõe que os projetos sejam divididos em pequenos ciclos de atividades, com reuniões frequentes e entregas contínuas, promovendo um maior alinhamento das ideias e trazendo um acompanhamento constante e próximo. Com isso, temos uma maior presença de projetos inovadores na companhia, com entregas frequentes e rápidas.


Essas e outras ferramentas do ágil promovem maior performance, satisfação da equipe, organização e alcance de metas, além de proporcionar um ambiente mais leve e dinâmico. Já notamos diferença na Andrade e, com certeza, iremos aprimorar cada vez mais.


Antônio Lodi, Diretor financeiro na Transportadora Andrade

0 comentário