Quem são as pessoas por trás do transporte e da saúde em tempos de pandemia?

Atualizado: 29 de Abr de 2020



Desde que a epidemia do Coronavírus começou a se disseminar no Brasil, observamos que muitas medidas haviam de ser tomadas. Percebemos também, que um vírus é capaz de paralisar economias, pessoas, sistemas e transportes. Como um efeito duradouro de slow motion, ou aquela onda inquebrável à beira mar. Vimos um status de pandemia, assim classificado no último dia 11 de março, pela Organização Mundial da Saúde, uma corrida contra o relógio biológico aos supermercados, farmácias, e demais lojas. Mas, pouco falamos sobre os profissionais por trás da ordem que ainda possuímos. Pouco falamos sobre pessoas comuns, que abdicam de suas quarentenas e arriscam suas vidas para cuidar, ou reabastecer.


A pandemia também traz o melhor da sociedade. Um exemplo claro disso, são os profissionais de saúde. Pessoas comuns que renunciam seu tempo com a família, e um possível isolamento, pelo bem geral. Que cumprem uma ideia, um juramento. Que cuidam de cada caso com cuidado, atenção e carinho. Que mesmo com todos os aparatos necessários, tem medo de contrair o vírus, pensando não em si, mas na possível contaminação de outros pacientes fragilizados.


No lado oposto, heroico, operante e essencial, temos os caminhoneiros. Pessoas extremamente focadas, humildes e leais, que sacrificam suas vidas, seu tempo também com a família, para que nada falte em sua prateleira. Para que os mercados estejam preparados às pessoas que queiram estocar comida em suas casas, para que não falte a entrega essencial de acessórios aos hospitais, materiais, e principalmente medicamentos. Para que nada pare, e principalmente, tomando os cuidados necessários para que a própria vida não fique à mercê de um vírus tão potente e por vezes, paralisador.


Então, minha visão é de valorização dos profissionais que estão aqui por nós. De na medida do possível, contribuir para o bem-estar de quem ainda está trabalhando lá fora. Sejam eles meus funcionários, ou profissionais da saúde. Trabalho pela visão humana de que todos estão aqui para assegurar um ambiente saudável e seguro. De que é possível gerenciar um tempo de crise, olhando para o lado. E assim seguiremos, e passaremos por isso com colaboração efetiva e solidariedade.


Lucas Scapini, Diretor Comercial do Grupo Scapini

0 comentário