TRC humanizado: a importância das licenças maternidade e paternidade


Nos últimos anos, tenho observado que nós enquanto sociedade, de uma forma geral, estamos caminhando para um futuro mais humanizado. As empresas, em sua maioria, antes preocupadas estritamente com lucro e crescimento, hoje têm buscado propósitos mais amplos, visando impactar positivamente a vida da comunidade e preservar o meio ambiente, incluindo relatórios juntamente aos seus balanços (ESG), listados até na Bolsa. Além do mais, essa visão mais humana nos negócios tem sido muito valorizada no ambiente corporativo, tornando-se um diferencial competitivo.


Buscando mais conhecimento sobre o assunto, encontrei diversos estudos que apontam a importância do contato, tanto materno quanto paterno, nos primeiros meses de vida da criança. O psiquiatra e psicanalista D. W. Winnicott apresenta em seu livro “A criança e Seu Mundo” a mãe como responsável por introduzir o filho ao mundo de forma agradável, proporcionando um desenvolvimento saudável. A OMS (Organização Mundial da Saúde) e a Unicef aconselham que os bebês sejam alimentados só com leite materno até os 6 meses.


Pensando nisso, nós aderimos ao Programa Empresa Cidadã na Ghelere Transportes. O programa é mantido pela Receita Federal e concede benefícios fiscais a organizações que oferecem aos funcionários o prolongamento das licenças maternidade e paternidade.

Assim, nossos colaboradores têm a oportunidade de presenciar os primeiros contatos do filho com o mundo, fator importante para o desenvolvimento cognitivo do bebê. A adoção ao Programa Empresa Cidadã estende a licença-maternidade de 120 para 180 dias e a licença-paternidade de 5 para 20 dias, sem quaisquer prejuízos ao salário ou posição dentro da transportadora.


Aqui na Ghelere, nós oferecemos também ao nosso time a possibilidade de flexibilizar essa licença de acordo com a necessidade individual de cada um e já adicionar o período de férias. Desse modo, no caso da licença paternidade, por exemplo, não há a obrigatoriedade de se manter afastado durante os vinte dias. A ideia é reduzir a ansiedade, dar mais tempo e ampliar o convívio com o recém-chegado à família.


Considero que aderirmos ao Programa Empresa Cidadã não se trata apenas de um diferencial da Ghelere ou benefício para nossa equipe, mas percebo também um progresso no ambiente corporativo. Venho acompanhando formas de proporcionar um setor de transporte rodoviário de cargas cada vez mais humanizado e acolhedor, implementando na transportadora medidas que promovam o bem-estar de nossos colaboradores.


Nos dias atuais, qualquer maneira de reduzir o estresse do dia a dia deve ser considerada. Estamos atravessando um momento muito difícil e é preciso olhar para dentro, qualquer passo é importante.


Eduardo Ghelere, Diretor Executivo da Ghelere Transportes

0 comentário