TRC: no que é preciso investir?


A pandemia de covid-19 acarretou diversas mudanças nos mais distintos setores, assim como no cotidiano de todos nós. Apesar das adversidades e dificuldade no qual a economia do país se encontra, não podemos deixar de olhar para as oportunidades que o mercado apresenta. Não é a primeira vez que aponto a necessidade de investir em tecnologia e gestão de pessoas no transporte rodoviário de cargas.


Para exemplificar esta demanda do mercado, encontrei uma pesquisa realizada pela Accenture, na qual mais de 8.300 organizações participaram. O estudo mostrou a relação entre a implementação de soluções tecnológicas dentro das empresas com o crescimento dos negócios. Deste modo, considerando indicadores de desempenho coletados em 2015 e projetados para 2023, os dados obtidos apontaram que as empresas que mais investem em tecnologia têm suas receitas duplicadas.


Aqui na Rodovico Transportes buscamos sempre analisar não só as inovações como também as tendências que o mercado apresenta e aplicá-las em nossos processos. Tenho notado que as novas tecnologias são a grande bola da vez, porém não podemos deixar de lado aquilo que é o alicerce de toda corporação: as pessoas.


Assim, realizamos um grande trabalho de investimento em estruturação interna, desde o programa “O Aprendiz”, voltado para jovens aprendizes, até na estrutura de cargos e salários diante do programa PIER (Programa de Incentivo aos Estudos Rodovico). Nós acreditamos que o estudo é essencial para a evolução profissional, por isso, damos oportunidades aos nossos colaboradores de receberem reembolso de até 75% dos seus estudos.


Além desta iniciativa, também investimos fortemente na estrutura do RH, aplicando coach em cargos estratégicos e até mesmo PDI (Programa de Desenvolvimento Individual), com o intuito que nossos colaboradores sejam capazes de se desenvolver junto a empresa. Desta forma, não estamos apenas preparando um funcionário para uma melhor condução nos processos e atendimento aos clientes, mas sim inserindo na sociedade – e consequentemente no mercado – mais uma pessoa capacitada.


Desta forma, tenho orgulho em dizer que já tivemos mais de 20 pessoas formadas em alguns cursos durante a história da Rodovico. Acredito que todo processo de gestão é orientado por algum resultado, gerando modelos de aprendizagem para nós dentro das transportadoras.


Por este motivo afirmo que não basta apenas aplicar as melhores tecnologias disponíveis no mercado, é preciso também buscar o que podemos aprimorar em relação às pessoas que compõem nosso time. Afinal, quando você investe em alguém dentro de uma empresa, ela trará retorno para os processos.


Deste modo, concluo que associar investimentos em tecnologias de ponta e ferramentas de gestão de pessoas, é a chave para o sucesso corporativo. Por isto, tenho notado que ambos caminham lado a lado, sendo quase impossível dissociá-los.


Diego Nazari, Diretor de desenvolvimento de negócio

0 comentário