Como somos privilegiados em poder ajudar!

Atualizado: 29 de Abr de 2020


O coronavírus e a crise que ele trouxe continua atingindo os diversos setores do comércio e da economia brasileira. Na Flash Courier nosso faturamento caiu quase 40% do dia para a noite, mas como somos classificados como serviços essenciais, mantivemos a empresa funcionando e continuamos pagando em dia toda nossa cadeia produtiva. Sabemos que o momento não é fácil para ninguém, precisamos ajudar aqueles que mais necessitam e contar com o apoio dos governos para flexibilizar leis que ajudem nossas empresas nesse período.

Por isso, desde que a Covid-19 se espalhou pelo Brasil, intensificamos nossas ações sociais com o objetivo de melhorar a situação dos que estão sofrendo ainda mais com esse período de quarentena.

No final de março, começamos a distribuir durante nossas entregas, um kit com álcool gel, luvas e máscaras para os profissionais identificados durante o trajeto. Com o objetivo de contribuir de alguma maneira com aqueles que assim como nós estão ajudando a movimentar o Brasil, essa operação distribuiu 15.000 kits.


Em seguida, através da Flash Courier (Unidade RS-VUM) fechamos uma parceria no Rio Grande do Sul para transportar e distribuir vacinas contra a gripe. Apenas no primeiro dia realizamos a coleta de 56 mil doses da vacina.


Em São Paulo, com a parceria da Jall Card, fabricamos e distribuímos cerca de 350 mil cartões despesas alimentícias da Alelo para crianças matriculadas na rede municipal de ensino. Em Recife, Niterói e outras cidades essa iniciativa também aconteceu e no total distribuímos mais de 1 milhão de cartões alimentação para as famílias das crianças que não tem mais a refeição na escola.


Estamos contribuindo com a logística operacional e realização de entregas de cestas básicas do “Fundo Emergencial de Apoio à População de Niterói” criada pelo grupo de voluntários “União Niterói”. O objetivo da campanha é distribuir 2.500 cestas básicas por mês, nos próximos 6 meses, totalizando 15 mil cestas entregues em comunidades e favelas de Niterói e Rio de Janeiro.


Além disso, continuamos realizando doações para ONGs que perderam seus recursos.

Sabemos de nossa responsabilidade institucional e que somos privilegiados em poder ajudar o próximo, toda ajuda é bem-vinda e como empresa, acredito que estamos fazendo um bom papel no auxílio às pessoas e no combate à crise trazida pela Covid-19.


Guilherme Juliani, CEO da Flash Courier - 22 de abril 2020

0 comentário